top of page

Diretor da BMW cita experiência positiva com o Join.Valle em palestra da Expogestão

Atualizado: 2 de jul.


O diretor geral da BMW Araquari, Otávio Rodacoswiski, foi um dos palestrantes no palco principal da Expogestão 2024. Participou também do painel “O futuro da indústria”, quando mencionou a experiência positiva com o Join.Valle (instituição que promove o empreendedorismo e a inovação em Joinville e região) por meio do JEDI - Jornada de Empreendedorismo, Desenvolvimento e Inovação


O time de inovação da BMW levou o primeiro lugar na categoria de intraempreendedorismo na 12ª edição do JEDI, realizada no mês de maio, com um projeto que sugere inovações e melhorias de processos para a fábrica. O painel da Expogestão teve a participação de Sérgio Carvalho, CEO da Randoncorp e da Frasle e mediação de Marco Goetten, executivo da Fiesc e conselheiro Join.Valle.



Em sua fala na Expogestão 2024, o executivo da BMW abordou questões sobre como a empresa está fazendo a transformação digital e investimentos em inovação e P&D. Ainda aspectos sobre o impacto da inteligência artificial e de tecnologias disruptivas, transição energética e a importância da indústria se preparar para a neoindustrialização.


Otávio se valeu do exemplo “de casa” para analisar os problemas e o futuro da indústria. “Na BMW temos o programa PROOF – Production of the Future, pelo qual desenvolvemos uma estratégia para o sistema de produção, visando atingir a excelência operacional.”


O sistema é baseado em alguns pilares: pensar e agir como empreendedor; buscar rentabilidade (foco no custo de produção), sustentabilidade (conciliar ambiente e economia), velocidade, flexibilidade e qualidade; ter liderança na produção; focar na resolução de problemas (assumir responsabilidades, conhecer objetivos, solucionar os problemas onde eles acontecem).



O foco na digitalização, ainda que óbvio nos tempos atuais, precisa ser cada vez mais prioritário, acredita. Segundo ele, é preciso continuar desenvolvendo a estratégia de produção para melhorar o desempenho e os resultados. O pensamento disruptivo é crucial para atingir as metas.


“A indústria tem futuro, sim, mas isso depende de alinharmos atividades estratégicas e operacionais com visão de futuro e de assumirmos responsabilidades como empreendedores da indústria”.

Na palestra simultânea "Melhoria contínua alinhada à estratégia organizacional", o responsável pela área na planta de Araquari da BMW, Augusto de Oliveira, também citou o programa JEDI, do Join.Vallle. Na sua fala, destacou como processo de melhoria contínua pode ser um diferencial de mercado se conectado a estratégia da empresa.


*Com informações da assessoria de imprensa da Expogestão 2024 e fotos de André Kopsch

22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page